: Principal
: Jurídico
: Legislação
: Cadastro
: Denúncia
: Homologação
: Links
: e-mail


SIMÃO
O Mascote do SIMA

Quais locais do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro devo procurar para formalizar uma denúncia de crime contra o meio ambiente?
Ler mais clique aqui

Comunicado

Comunicado aos Contadores, Departamento de Recursos Humanos e Representantes Legais das Empresas. O SIMA – Sindicato dos Profissionais e Trabalhadores em Atividade de Defesa do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro, com sede a Av. Nª. Srª. de Copacabana nº. 788 salas 1207 – parte,  comunica que os Grupos e Empresas ligadas ao Meio Ambiente, sediadas ou prestando serviços no Estado do Rio de Janeiro, estão vinculados a este sindicato por força de lei.

Contribuição sindical Urbana é imposta por lei, itens  I e II art. 580 da CLT e os depósitos devem ser efetuados em atenção ao parágrafo 2º do art. 583 da CLT.

Site do MTE  onde, pode ser gerada a boleta para pagamento sindical ou no Site Caixa Econômica Federal) Lembramos que o Acordo Coletivo já esta em vigor e tem como data base o mês de Outubro.              
A empresa ligada ao Meio ambiente está com seus códigos no CNAE.

Site: www.cnae.ibge.gov.br

 

SINDICALISTA

A nova visão do que é ser um sindicalista no mundo moderno, sec. XXI ,acreditamos que não é preciso ficar gritando de porta em porta para reivindicarmos direitos .
Existe o caminho do dialogo ,da Justiça.
Acima de tudo coerência e bom senso, a truculência de querer ganhar no grito, as agressões físicas, ofensas, depredações e afins, são praticas ultrapassadas que não nos engrandece em nada .
Apenas a classe passa a ser motivo de chacota da sociedade que não aceita mais este tipo de procedimento.
Devemos lembrar que o mundo mudou em todos os setores, inclusive nas relações EMPREGADO x EMPREGADOR.
Podemos nos expressar e nos afirmar sem baderna.
É condenável o radicalismo em qualquer situação ,a palavra de ordem é conversar, negociar,trocar idéias , manter sempre o bom senso.
Por fim nós devemos honrar nossa maior arma a PALAVRA.
Pensem bem antes de tomar atitudes que venham a trazer arrependimentos futuros.

por Anna Mônica”

CONSIDERAÇÕES

“O SIMA - Sindicato dos Profissionais e Trabalhadores em Atividades de Defesa do Meio Ambiente, que tem como meta prioritária a valorização do homem no exercício de sua profissão. Para isso torna-se necessário a conscientização profissional de todos os envolvidos em atividades relacionada ao meio ambiente. Empenhados nessa causa, esperamos a adesão dos interessados e os convidamos para que se juntem a nós no fortalecimento da luta pela regulamentação da categoria ambientalista.

Os órgãos ambientais apresentam propostas, elaboram projetos e sobrevivem dentro da filosofia de salvar o meio ambiente. Tudo isso são serviços relevantes que têm sido prestados. Entretanto, no trabalho exercido por pessoas ligadas a esses órgãos e a empresas privadas envolvidas de maneira direta ou indireta com o meio ambiente, a figura do ambientalista fica estabelecida como um título apenas de valor social...”

Por Alfredo Rodrigues


Enoque Ribeiro dos Santos afirma: "nunca devemos esquecer que cabe aos sindicatos uma função assistencial, vital a desempenhar na sociedade multifacetária nos dias de hoje, com todas as suas contradições e antagonismos, ou seja, dar uma contribuição decisiva para a justiça social e na medida do possível, servir como um instrumento de equalização de oportunidades para os trabalhadores, através de uma participação junto ao Estado na formulação de suas políticas macroeconômicas".

Compilado por Alessandra Valentin


SOBRE A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL

O recolhimento da Contribuição Sindical é fundamental para as entidades sindicais, na defesa dos interesses do segmento, objetivando fortalecer e contribuir para o desenvolvimento do setor. Toda a vez que uma entidade sindical obtêm conquistas para o setor, as vantagens obtidas da negociação não ficam restritas a um grupo: por força de lei, elas são estendidas a todos que fazem parte da mesma classe, indistintamente.

Sem o recolhimento da Contribuição Sindical as entidades sindicais ficam impossibilitadas de desenvolver ações. Por isto, o empregado deve uma vez por ano, efetuar este pagamento. Reafirme o seu compromisso com a entidade representativa de sua categoria, pagando a Contribuição Sindical.

Um movimento sindical forte é essencial para a organização coletiva da sociedade civil e para a defesa dos princípios éticos e democráticos.

O desconto sindical!

Regras

Os profissionais admitidos entre janeiro e fevereiro têm o desconto sindical efetuado no mês de março. Quando a contratação acontece justamente no terceiro mês do ano, cabe ao empregador verificar se ele já sofreu o desconto na empresa anterior. Se não, terá de fazê-lo.

“A empresa que contratar empregado após o mês de março deverá constatar se ele contribuiu no emprego anterior. Na hipótese de o empregado já ter tido o valor descontado do seu salário, o empregador anotará as informações pertinentes ao referido desconto no Livro ou Ficha de Registro de Empregados”.
Agora, caso o profissional ainda não tenha contribuído, o empregador deve fazer o desconto no mês seguinte ao da admissão. Por isso, mesmo quando há mudança de emprego, o profissional não escapa do desconto sindical.
No caso de quem não estiver trabalhando em março por afastamento e sem receber o salário, como em caso de acidente ou doença, a contribuição é feita no mês subsequente ao do reinício do trabalho. Já o profissional que estiver de férias sofrerá o desconto integral como se estivesse em atividade. “No caso de rescisão, o empregado demitido no mês de março do respectivo ano sofrerá o desconto da contribuição sindical integral”.

De quanto é?

O valor a ser descontado do salário é correspondente a um dia de trabalho. No caso de pagamento por hora, dia, semana, quinzena ou mês, isso equivale a uma jornada de trabalho, enquanto que, para quem recebe por tarefa, empreitada, comissão e modalidades semelhantes, é equivalente a 1/30 da quantia recebida no mês anterior.
“Quando o salário for pago por utilidades, ou nos casos em que o empregado receba habitualmente gorjetas, a contribuição sindical corresponde a 1/30 da importância que serviu de base, no mês de janeiro, para contribuição do empregado à Previdência Social”.

Quem exerce atividade profissional em mais de uma empresa está sujeito ao recolhimento em cada uma delas, correspondente ao dia de trabalho em cada uma delas, recolhido ao respectivo sindicato da categoria profissional a que pertencer.